Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Sábado, 30.10.04

Provas da renovação do PCP

Todos os analistas políticos, e não só, falam de uma falta de renovação do PCP. Nota-se que não sabem o que dizem pois essa renovação já começou! Provas?

Querem melhor prova da modernidade do Partido Comunista Português do que a sua imortalização? O nosso PC renova-se na medida em que se recusa a desaparecer. Há que dar valor!

Praticamente todos os Partidos Comunistas do Mundo foram combatidos até ao extermínio, foram derrubados, caíram, dissolveram-se, diluíram-se ou embarcaram numa aventura amorosa (mas contra-natura) com o Sistema de Mercado, caso da República Popular da China. De todos eles, apenas Fidel Castro consegue ser imortal...tomba mas não cai. Até a múmia de Lenine necessita do seu tratamento de vez em quando!
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:28

Sexta-feira, 29.10.04

Enjoy


Enjoy por Kevin Willis
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:11

Quarta-feira, 27.10.04

Ah ah que esta é tão gira!...

Santana Lopes entra no Snack-Bar TVI. O empregado de mesa Rui Gomes da Silva vem atender e pergunta:
- Então o que vai ser?

Santana responde:
- Queria um Marcelo bem tirado.

Gomes da Silva vira-se então para o empregado de balcão Pães do Amaral e grita:
- SAI UM MARCELO À PRESSÃO!!
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:21

Terça-feira, 26.10.04

100 dias de Governação PSL pelo "El País"

Comemorou-se/Lamentou-se nos últimos dias os 100 dias de governação de Pedro Santana Lopes. O balanço para alguns é positivo e para outros, talvez a maioria, negativo. Mas o que não se esperava aconteceu. Espanha também fez um balanço desta efeméride/tragédia no jornal El País.

Para Morais Sarmento, Ministro de Estado e da Presidência, estes “são tempo especiais”, “particularmente fascinantes” e que “é o rasgar de novas fronteiras”. É a opinião dele. A minha é de que Morais Sarmento já rasgou fronteiras e tem vivido noutro sítio que não Portugal…

Luís Filipe Menezes, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia diz: “Acreditamos que este Governo, que não abdicamos de criticar mas com quem nos identificamos, não está condenado a fracassar”. Nota-se que Luís Filipe Menezes está menos efusivo com o Governo de PSL do que Morais Sarmento. Parece que quanto mais afastados geograficamente do Governo, maior é o grau de esclarecimento sobre o executivo Português…

Esta teoria parece estar correcta. Em Espanha parecem estar mais elucidados sobre o Governo Português. O El País também informa sobre os 100 dias de governação PSL. A notícia começa citando um artigo de José António Lima no Expresso: “tem sido tal a cadência de disparates, tamanha amplitude de imbróglios criados e o desgaste já acumulado que estes 3 meses do Governo quase já parecem 3 anos”. A notícia continua dizendo que PSL “conseguiu uma façanha pouco comum: unir meios de comunicação mais ou menos conservadores, comentadores de direita e de esquerda, sindicatos e patronato, todos contra o Primeiro-ministro” diz também que Pedro Santana Lopes “raramente levou um mandato até ao final” e que “é criticado pela sua falta de preparação e pela sua obsessão pelos media”.

Dr. Pedro Santana Lopes será que a imprensa Espanhola se juntou à cabala que a TVI (por Marcelo Rebelo de Sousa), o Público e o Expresso montaram contra o Governo Português? O Director do El País também vai ser ouvido em audiência parlamentar? Ou estarão, todos eles, simplesmente a dizer a verdade do que se passa em Portugal?
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:12

Domingo, 24.10.04

The Green Sail, Venice


Paul Signac. The Green Sail, Venice. 1904. Óleo sobre tela. 65 x 81 cm. Musée d'Orsay, Paris.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:38

Domingo, 24.10.04

A Sesta

Nos últimos dias veio a público uma notícia do Expresso a falar de uma suposta sesta que Pedro Santana Lopes teria feito antes de se dirigir à Moda Lisboa. Que notícia importante, mas que curioso, isto é que é jornalismo de nível... e para piorar a situação, já de si ridícula, o Governo deu-se ao trabalho de fazer sair um comunicado a desmentir a notícia. Se o Primeiro-ministro parecia não ter grande coisa para fazer, quem se deu a este trabalho, também não tinha...

Mas qual é o espanto? Que o homem anda a dormir já todos sabemos! Mesmo quando PSL parece estar acordado ele está na realidade a fazer a sesta. Ele só podia estar a dormir quando, por exemplo, lançou aquela bomba dos professores com horário zero poderem ser assessores de juízes. Mais uma ideia inconsequente...

Santana Lopes podia era desbloquear umas verbas, nem é preciso muito, para a Federação Portuguesa de Siesta, aliás ele devia fazer parte da F.P.S.... ou pensando bem... é melhor não!
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:17

Sexta-feira, 22.10.04

Painting


Painting por Alex Grey
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:36

Quinta-feira, 21.10.04

Audiência do Ministro Gomes da Silva com a AACS

Se bem se lembram tudo começou com umas declarações do Ministro dos Assuntos Parlamentares, Gomes da Silva, sobre o Professor Marcelo Rebelo de Sousa.

O Prof. Marcelo é, sem dúvida nenhuma, um político. Entre muitas outras coisas, foi candidato à Câmara de Lisboa, foi líder do PSD, onde defendeu uma aliança com o PP. Ultimamente o seu púlpito era a TVI, de onde fazia as suas observações sobre o estado actual do país, algumas delas nada simpáticas para o Governo de Santana Lopes, mas estas observações sempre foram designadas como comentários. Tudo bem, durante quatro anos e meio. Das declarações de Gomes da Silva à demissão do Professor foi um pulo, um passinho, uma cabriola, para um político experiente como Marcelo Rebelo de Sousa, e o Ministro (terá sido só ele?) caiu. O que veio depois foi o que já se sabe, o Governo diz que não pressiona os órgãos de comunicação Social, a oposição diz sim, que está de volta a censura, cada um representa o seu papel.

Mas esta semana tivemos a tão falada audiência da Alta Autoridade para a Comunicação Social (AACS) para tentar esclarecer o que realmente se passou. Numa das audições o Ministro Gomes da Silva lança uma bomba: “... Marcelo não é um comentador é um político no activo desde há muitos anos... por razões tácticas, optou por escolher a capa de comentador politico”. Esta frase significa que finalmente podemos tratar as coisas pelos seus nomes verdadeiros. Marcelo é um politico e não um comentador? Pois bem, seguindo o mesmo raciocínio, Santana Lopes também não é Primeiro-ministro. O Primeiro-ministro, além de eleito pelo voto do povo, é alguém que governa o país, e Santana Lopes não o faz. PSL não passa de um actor ou um publicitário que nos tenta vender a ideia de que tem tudo sob controlo.

Paulo Portas, infelizmente, também não é Ministro da Defesa e Assuntos do Mar. Se é ele que realmente governa Portugal ele é que é o Primeiro-ministro, repito, infelizmente. Nobre Guedes Ministro do Ambiente? Não! É apenas um advogado que representa certas empresas, algumas das quais têm interesse numa relação próxima com o Ministério do Ambiente. E Bagão Félix será Ministro das Finanças ou é apenas um adepto ferrenho do Benfica?

Podemos chegar até ao extremo de dizer que Gomes da Silva não é Ministro dos Assuntos Parlamentares, Gomes da Silva é... é... é... Quem é Gomes da Silva?
ASENSIO


Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:54

Terça-feira, 19.10.04

In Memoriam

«Requiem aeternam dona eis,
Domine, et lux perpetua
luceat eis.»
Que a terra lhe seja pesada.
Que lhe apodreça o corpo e os olhos fiquem vivos,
Se lhe soltem os dentes e a fome fique intacta
E a alma, se a tiver, que lha fustigue o vento
E arrase com ela a memória gravada
Na lembrança demente dos que o choram.

Que a mulher que foi dele oiça o vento na noite,
Cheio de osso e uivos
E garfos aguçados
E que reparta o medo com o primeiro intruso
E o vento se insinue pelas portas fechadas
E rasteje no quarto
E suba pela cama
E lhe entre no olhar como estiletes de aço,
Lhe penetre os ouvidos com agulhas de som,
Lhe emaranhe os cabelos como um nó de soluços,
Lhe desfigure o rosto como um ácido em chama.

Que a mulher que foi dele oiça o vento na noite
Que a mulher que foi dele oiça o vento na cama!

Que o nome que era seu o persigam os ecos,
O gritem no deserto as gargantas com sede,
O murmurem no escuro os mendigos com frio,
O clamem na cidade as crianças com fome,
O soluce o amante de súbito impotente,
O maldigam no exílio as almas sem descanso.

Que o nome que era o seu seja a bandeira negra,
A pálpebra doente,
O vómito de sangue.

Que o gesto que era ser o imitem as mães
Que se torcem de dor quando abortam nas trevas,
O desenhem a lume os braços amputados,
O perpetue o esgar dos jovens mutilados,
O dance o condenado que morre na fogueira.

Que o gesto que era o seu seja o punhal do louco,
A arma do ladrão,
A marca do vencido.

Que o sangue que era o seu o farejem os cães
Nas veias dos seus filhos.
Que o sangue que era seu se lhes veja nas mãos,
E lhes aperte os pulsos como algemas de lodo,
Lhes carregue o olhar como um sopro de infâmia,
Lhes assinale a testa como um escarro de fogo,
Lhes atormente os passos como um peso de lama.

Que o sangue que era o ser seja o rictus da tara,
A mascara de sal, a vingança do pobre.
E que o Exterminador, no seu trono de enxofre,
O faça tilintar os guizos da tortura
Até que o mundo o esqueça
E mais ninguém o chore.

Em: José Carlos Ary dos Santos : Obra Poética
Autor: José Carlos Ary dos Santos
Editora: Avante!
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:50

Segunda-feira, 18.10.04

Ideia para o Futebol e Jet-7 Português

Trocar os dirigentes do FC Porto e do SL Benfica pelos animais da ”Quinta das Celebridades” é uma boa ideia. Desta forma os socialites portugueses teriam um trabalho mais difícil e mais sujo para realizar do que o actual e, por outro lado, o futebol português teria muito menos excrementos.

O Burro Pavarotti tem, sem dúvida, mais classe, elegância e educação do que Filipe Vieira, não comparemos também a ternura de um vitelo com o cinismo de Pinto da Costa. Já o porco chafurda menos na lama do que José Veiga.

As “bichas” do Futebol Português conseguem levar Deus ao suicídio!
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:43

Domingo, 17.10.04

O Direito ao Contraditório e OE para 2005

Ainda não percebi a necessidade absoluta deste Governo do “Direito ao Contraditório”. Porquê mais esta obsessão? Realmente as contradições são tantas que o “Direito ao Contraditório” lhes é inalienável, mas e os outros ? O “Direito ao Disparate”? E o “Direito à Tolice”?

E reparem que nenhum outro Governo esteve envolvido em tanta polémica, imprecisão, erro de cálculo, controvérsia, engano, desacerto, incorrecção, equívoco, defeito, irregularidade, deselegância, inexactidão, confusão, desinformação, descuido, imprudência, desleixo, negligência, desmazelo, incúria, irreflexão, inconsistência, desarranjo, imponderação, precipitação, leviandade, ligeireza, falha, desconcerto, atabalhoamento, despropósito, instabilidade, destempero, insegurança, desacerto e incerteza em tão pouco tempo como o actual. Vão querer direitos para isto tudo? Bem vão precisar se quiserem levar avante o Orçamento de Estado para 2005...

Ora neste Orçamento, como em todos, são repartidas algumas das receitas do Estado pelos vários Ministérios, é o chamado PIDDAC. E quem tem direito ao maior aumento das verbas do PIDDAC em relação a 2004? Quem é? Acertaram! O Ministério da Defesa e Assuntos do Mar, com um aumento de 288,7% (de 23 milhões de euros em 2004 para 66,4 milhões de euros em 2005). A justificação do Ministro das Finanças, Bagão Félix, é que temos quatro corvetas da Marinha para pagar, duas que virão dos E.U.A., e mais duas “construídas em Portugal, nos estaleiros de Viana do Castelo, por trabalhadores Portugueses”, palavras do Ministro. OK!, eu entendo a necessidade das corvetas. Este Governo sofre do “Complexo de Noé”, vai haver um dilúvio só com a água que o executivo mete, mas “arcas” já se arranjaram...

Sr. Ministro das Finanças não se esqueça nas suas contas que as corvetas funcionam a derivados do Petróleo, que já vai em valores superiores aos 50 Dólares (o Senhor Ministro calculou, para o OE 2005, a média dos preços dos combustíveis em 38.7 Dólares), olhe que os barcos acabam por ser mais uma despesa...

Dos “Ministérios menores”, a Saúde sofre um corte de 9,2% (de 210M€ para 190,6M€), a Educação cortes de 10,1% (de 140M€ para 125,9M€), a Segurança Social cortes de 57,3% (de 133M€ para 76,2M€). Repito, Saúde, Educação e Segurança Social. Sem comentários...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:18

Quarta-feira, 13.10.04

Declaração ao País de Pedro Santana Lopes

Depois de ter descoberto, não sem alguma surpresa, que o Dr. Pedro Santana Lopes gosta de fazer umas pressões e umas censuras aqui e ali, ganhei agora um carinho especial pela capacidade que o Dr. PSL tem de fugir às questões que interessam ao povo português quando estive a ver atentamente a sua declaração ao País, no dia 11 de Outubro.

Quando o “caso Marcelo” é o caso que mais preocupa a opinião pública neste momento, o Dr. vem falar do orçamento de estado para 2005, vem distrair-nos com promessas de aumentos de salários para a função pública, diminuição do IRS, aumento das pensões de reforma, etc.. É verdade, é a primeira vez que vejo um Governo a fazer campanha eleitoral depois de ter sido nomeado e ter tomado posse. Ó Dr. Santana Lopes as eleições são só na Madeira e nos Açores! O seu governo já tem três meses, já não tem idade para andar a brincar às promessas eleitorais! Até porque por baixo dessas promessas, temos vários sacrifícios-promessa como as taxas moderadoras diferenciadas, a nova Lei do arrendamento, o fim das SCUT, só para citar algumas... Mas esta corrida às promessas eleitorais é uma maneira de nos distrair do “caso Marcelo”? Então Dr. Santana Lopes e quando verificarmos que as promessas não passam disso mesmo, de distracções, o que é que o Dr. vai inventar para nos distrair?
Mas houve uma ideia que retive e que creio estar vagamente relacionada com o “caso Marcelo”. O Dr. PSL, disse algo como isto: «...é tempo de deixar ouvir o ruído de fundo e prestar atenção ao rumo da governação...». OK, deixemos, então, de ouvir o “ruído”, vamos deixar de ouvir os analistas e os comentadores, vamos passar a ter em atenção o rumo deste Governo! Mas para quê? Para que o povo possa, por ele mesmo, chegar à conclusão dos analistas? Seja por que meio for, seja através dos comentadores, seja por sentir na pele as políticas deste executivo, se o povo prestar atenção ao rumo do Governo, rapidamente chega à conclusão que Portugal não tem futuro com PSL e que PSL não pode ter futuro em cargos de responsabilidade em Portugal. Uma coisa é certa, seja qual for o rumo que o Governo vá seguir, ele vai ter portagens, mesmo que esse rumo nos leve, como parece ser o caso, a lado nenhum. Quanto é que vamos pagar é que ainda não sabemos... mas já há na conta dois submarinos...

Agora para o Dr. Sampaio... OK Senhor Presidente, teve piada, já rimos o que tínhamos a rir da experiência de ter PSL como Primeiro-Ministro, mas acho que, como uma piada repetida perde a graça, já vão sendo horas de parar a brincadeira e deixar o povo escolher...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:58

Domingo, 10.10.04

Prof. Marcelo Rebelo de Sousa- O fora-da-lei

O Professor Marcelo Rebelo de Sousa é um personagem castiço. É professor, foi líder do Partido Social Democrata, mas ultimamente está arredado da política, pelo que se diverte a fazer comentários sobre o estado na nação e do mundo. Esses comentários podem ser vistos ao Domingo, num canal privado, a TVI, por volta das 21h, sendo que este é a única altura em que se deve ver o dito canal. Mas pelos vistos o Professor Marcelo é um fora-da-lei. Parece que sempre que em televisão alguém comenta alguma coisa tem de haver o direito de resposta, ou seja, tem sempre que haver alguém que defenda o contrário do que foi dito. A verdade é que nos comentários do Prof. Marcelo apenas ele é que fala.

O senhor Ministro dos Assuntos Parlamentares, Dr. Gomes da Silva para quem não sabe, acha quer certos comentários do Prof. são autênticos ataques ao governo e que o governo não tem o devido direito de resposta. Este Ministro pede a intervenção da Alta Autoridade para a Comunicação Social (AACS) para que reponha tudo na legalidade acabando com a pouca vergonha de Domingo.

Ora, senhor Ministro, é fácil deixar o Prof. Marcelo sem palavras sem recorrer à AACS. Basta que sejam um Governo competente, legítimo, com ideias novas, coragem política e que não passem a legislatura toda a fazer asneiras. Vão ver que se fizerem as coisas bem feitas o Prof. Marcelo Rebelo de Sousa vai ficar sem nada para dizer ou então vai escolher outro alvo de ataque. Aliás deixem-me dizer-vos que se fizerem algo de jeito, é Portugal, com toda a sua população, que fica sem palavras, tal vai ser a surpresa...

Acreditem que o único aspecto do Prof. Marcelo que está fora da lei, é a velocidade do pensamento, pois há uma lei da Física que diz que nada pode ser mais rápido do que a luz. Mas a verdade é que ainda o Governo não deu o tiro no pé e já o Prof. está a dizer em qual dos membros é que acertou e qual o tamanho do buraco.

Isto foi escrito antes da decisão do Prof. Marcelo abandonar a TVI. Infelizmente ele decidiu acabar com os comentários... é pena, nesta altura ele devia era ter repetido uma frase muito usada pela caricatura de Manuel Alegre no Contra-Informação: “A mim ninguém me cala!”. Voltámos ao sistema da correcção com lápis azul?
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:56

Sexta-feira, 08.10.04

Múúúú

Sempre fui da opinião que em Portugal havia cursos superiores a mais e alguns com nomes esquisitos, como por exemplo, Engenharia da Publicidade. Mas agora acho que falta um curso bastante importante que é a Psiquiatria Animal.
Estive a ver um episódio da "Quinta das Celebridades" e acho que aqueles animais vão precisar de muita terapia...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:55

Quarta-feira, 06.10.04

PS com Sócrates e PCP sem Carvalhas

O PS, partido que se diz de esquerda, é um partido esquisito. Nestes últimos anos então passou das marcas, senão vejamos:
- Porque é que o líder do PS foi envolvido no escândalo Casa Pia?
O PS não sabe...
- Onde esteve o PS durante o Governo de Durão Barroso?
O PS não sabe...
- Porque é que um militante do PS, Presidente da República, preferiu dar mais uma hipótese à direita para governar ?
O PS não sabe...
- Porque se candidatou João Soares a líder?
O PS não sabe...
- Porque é que durante todo o tempo de campanha interna do PS não se ouviu uma única ideia concreta para uma possível governação?
O PS não sabe...
- Porque é que mesmo depois de eleito, Sócrates continua sem apresentar ideias?
O PS não sabe...
Ora o PS é um partido que só sabe que nada sabe, e sendo assim, Sócrates é o líder óbvio e natural...

Mais à esquerda, os tempos mudaram, a verdade é que já não existem as Doce, caiu o muro de Berlim e o PCTP/MRPP já não faz murais, aliás os murais agora são todos feitos por miúdos do PHH (partido do Hip-Hop).
O PCP vai mudar em Novembro, Carlos Carvalhas vai sair da liderança. Mas esta mudança é de todas a mais surpreendente. Vai ser a primeira vez na História do Mundo, que um Partido Comunista muda de líder sem que este esteja velho, doente ou morto. É uma grande renovação. A última delas foi feita há uns 12 anos quando Carvalhas chegou a líder apesar do seu aspecto burguês e da sua maneira clerical de falar.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:53

Pág. 1/2



Creative Commons License


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Outubro 2004

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31