Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Sexta-feira, 28.10.05

Economias Estranhas

Há uma conjuntura positiva para que a economia portuguesa cresça, facto ao qual não devem ser alheios os lucros de 400 Milhões de Euros da GALP, dos 208 Milhões de Euros do BES, dos mais de 350 Milhões de Euros da EDP, etc etc..

Tudo tem lucro, tudo cresce, tudo se agiganta e com isso a população também lucra...O cotão no bolso do comum português teve um aumento de 99,9%.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:46

Sexta-feira, 28.10.05

Por sugestão de um leitor...

Soneto

Encontrei-te. Era o mês... Que importa o mês? Agosto,
Setembro, outubro, maio, abril, janeiro ou março,
Brilhasse o luar que importa? ou fosse o sol já posto,
No teu olhar todo o meu sonho andava esparso.

Que saudades de amor na aurora do teu rosto!
Que horizonte de fé, no olhar tranqüilo e garço!
Nunca mais me lembrei se era no mês de agosto,
Setembro, outubro, abril, maio, janeiro, ou março.

Encontrei-te. Depois... depois tudo se some

Desfaz-se o teu olhar em nuvens de ouro e poeira.

Era o dia... Que importa o dia, um simples nome?

Ou sábado sem luz, domingo sem conforto,
Segunda, terça ou quarta, ou quinta ou sexta-feira,
Brilhasse o sol que importa? ou fosse o luar já morto?
_______________________________________
Por: Alphonsus de Guimaraens
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:22

Sexta-feira, 28.10.05

Votar à direita no...PC

Pois é, já se estava a ver. Foi um risco que o Doutor Rui Sá e o seu partido, resolveram correr.

«O vereador da CDU, Rui Sá, não aceita o pelouro da Ciência e Inovação proposto pelo presidente da Câmara do Porto, Rui Rio. Considera-o de "pouca relevância em termos de actividade".»

Enquanto se precisar de bengala, usa-se uma. Quando se deixa de precisar dela, pode guardar-se, por motivos sentimentais, ou, se estorvar, livrar-se dela. O papel de Rui Sá como bengala de Rui Rio, acabou.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:03

Quinta-feira, 27.10.05

Pergunta retórica

Como se explica o aumento, em 80%, dos lucros da GALP?

«A Galp Energia atingiu um lucro de 399 milhões de euros de Janeiro até Setembro, o que representa um aumento de 80% face a igual período do ano passado, devido à conjuntura "favorável" dos mercados internacionais do petróleo e do gás, bem como aos proveitos da venda da Portgás»

Há sempre alguém que lucre da tragédia dos outros, sim porque o custo actual dos combustíveis para o comum dos mortais é uma tragédia. E assim se prova que “conjuntura favorável” é um conceito muito subjectivo. A crise não é, realmente, para todos.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:19

Quinta-feira, 27.10.05

Hiato

Este foi um pequeno interregno... Estive aqui mas já voltei, infelizmente.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:14

Terça-feira, 18.10.05

Cidadãos e cidadãos

Cada vez mais fico com a ideia de que o Governo é executante apenas para alguns cidadãos, os Largadores(*), cá do país. Para os dependentes do Estado, quer sejam funcionários públicos, dependam do subsidio de desemprego ou de reforma, ou para aqueles que, trabalhando em empresas privadas, sabem que, de alguma forma, podem vir a ser beneficiários do sistema estatal. São estes que, sempre que se declara guerra à crise, estão na linha da frente. O aperto é sempre para quem já vive apertado.

Quanto aos outros, os Pegadores(*), ou passam ao lado das carências, ou se forem instados a ajudar na reconstrução económica, logo se manifestam contra, fazendo o “favor” de apresentar soluções alternativas que não lhes provoque tanta urticária, e leve a que sejam outros a fazer o esforço.

É por isso que o “Estado” não é o conjunto de cidadãos de um determinado país, nem mesmo o conjunto de pagadores de impostos. “Estado” é um grupo de pessoas solidárias para quem o Governo se volta quando surge uma crise. E o Governo volta-se sempre para os Largadores por falta de coragem de enfrentar os outros, os Pegadores.
ASENSIO

(*) Largadores e Pegadores são referências ao livro, de Daniel Quinn, ISMAEL – Como o Mundo Veio a Ser o Que É, Via Óptima.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:18

Segunda-feira, 17.10.05

OE2006

Este Orçamento de Estado (OE2006) tem muito poucas novidades em relação aos anteriores. Não me parece que haja uma viragem acentuada nas políticas orçamentais. E foram estas políticas que nos trouxeram até aqui:

«[A pobreza] Afecta uma em cada cinco pessoas, sobretudo crianças, idosos e mulheres»

«Entre os 15 países que compunham a União Europeia (UE) antes do alargamento a 25, em 1 de Maio de 2004, Portugal é aquele cuja população mais vive sob a ameaça da pobreza. O alerta é dado pela organização não-governamental (ONG) Oikos, no seu relatório "Social Watch 2005" que reúne informação sobre 50 países»

Muitas das medidas do OE2006 até parecem ir num sentido que classifico de positivo, mas pecam por falta de coragem. É necessário ir muito mais além.
Desculpem se não vos pareço confiante com o caminho que Portugal leva...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:11

Sexta-feira, 14.10.05

Post insurgente

Depois de Há coragem?(1) e Há coragem?(2), aqui fica Há coragem?(3):

a) Extinção do Estado;

b) Troca do conceito de “cidadão” pelo termo “empresa unipessoal” para cada ex-cidadão;

c) Extinção do Estado;

d) Abertura total do mercado;

e) Extinção do Estado;

f) Abate total, mas controlado, de todos os funcionários públicos;

g) Extinção do Estado;

h) Privatização das forças de polícia e segurança (não se lembraram desta?);

i) Extinção do Estado;

j) Flat tax sobre os beneficiários do Rendimento Mínimo da Inserção;

k) Extinção do Estado;

l) Extinção de todos os Institutos Públicos, desde que eu não tenha lá um amigo, familiar, ou companheiro de partido (mas qual partido?);

m) Extinção do Estado;

n) Substituição dos ministérios por lobbys, os quais passarão a legislar;

o) Extinção do Estado;

p) Privatização do ar (extinção desses parasitas que respiram à custa dos nossos impostos);

Agora que o Gato Fedorento anda parado, sempre temos o Insurgente.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:07

Sexta-feira, 14.10.05

Sem tirar mérito à Nobel escolha...

Mas já repararam como, agora, quando se é distinguido com algum galardão, logo se tem que referir que o distinguido se manifestou contra Tony Blair, W. Bush ou contra a guerra do Iraque?

«A contundência de Pinter conheceu flagrantes exemplos quando qualificou Tony Blair de "criminoso de guerra" ou referiu-se aos Estados Unidos como "um país dirigido por um bando de delinquentes".

Sendo assim, quem nunca se manifestou contra, ou quem tenha mesmo apoiado um destes elementos pode desenganar-se, nunca será distinguido em coisa nenhuma.

Parabéns Harold Pinter.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:30

Sexta-feira, 14.10.05

Sem comentários

Doente e sem dinheiro...


«Mais de uma centena de objectos pessoais do ex-futebolista húngaro Ferenc Puskas, entre os quais as botas que utilizou nos Jogos Olímpicos de Helsínquia, em 1952, vão ser leiloados em Inglaterra, no próximo dia 2 de Novembro.

O internacional húngaro, que jogou como ponta-de-lança e foi grande goleador no Real Madrid, padece actualmente da doença de Alzheimer e necessita de cuidados médicos 24 horas por dia.»

No dia 14 de Agosto, o Real Madrid fez uma deslocação a Budapeste para um jogo particular para auxiliar este seu antigo jogador. Segundo uma notícia do Público, o Real terá recebido, pela deslocação, quase 1,3 milhões de euros enquanto a mulher de Puskas apenas recebeu 10 196 euros.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:12

Terça-feira, 11.10.05

Este Mundo anda triste.

É muita coisa negativa a acontecer, e esta é só mais uma:

«Ardeu tudo dezenas de sets de filmagens, adereços incontáveis, guarda-roupa, diverso material técnico e, mais importante, inúmeras réplicas de Wallace e Gromit, a mais célebre dupla (um cão e o seu dono) do cinema animado inglês. A tragédia ocorreu anteontem em Bristol, Inglaterra, num armazém dos estúdios Aardman Animations.

"O cinema animado perdeu 30 anos de história com este incêndio. É para nós um dia terrível", referiu à agência France Press um porta-voz da Aardman.»


ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:30

Terça-feira, 11.10.05

Brincadeiras

Acabadas as Autárquicas, está na hora de brincar às Presidenciais...

«Francisco Louçã, do BE, apresenta a sua candidatura a Belém quinta-feira»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:23

Segunda-feira, 10.10.05

Desperdícios

Teixeira Lopes foi um desperdício. No Porto, o BE apenas concorreu para fazer frente, fazer briga à CDU de Rui Sá. O seu partido quis transformá-lo num mero figurante quando este, claramente merecia outro tipo de papel bem mais importante. Que credibilidade terá Teixeira Lopes daqui para a frente?
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:53

Sábado, 08.10.05

Jimmy Carr

Hoje ouvi o comediante Jimmy Carr dizer algo como isto: “se a televisão faz as pessoas mais gordas cinco quilos, então elas que parem de comer televisões...” . Pode parecer uma piada fácil sobre gordos, mas também pode ser um aviso à vida sedentária.

Aquela parte do “parar de comer televisões” pode ser para que os espectadores parem de aceitar a aridez das programações das televisões portuguesas. Haja dó para com o público...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:45

Sexta-feira, 07.10.05

Começaram os recuos?

« O presidente da República esclareceu ontem que as medidas que propôs para o combate à corrupção, durante o discurso com que assinalou a implantação da República, não ferem o princípio da presunção da inocência, constitucionalmente consagrado. Em nota enviada pela Presidência da República, Sampaio diz que se referiu à inversão do ónus da prova em matéria fiscal e à possibilidade de poder passar-se a considerar um novo crime no código penal o enriquecimento ilícito.»

Atrevem-se, qual tartaruga a meter a cabeça de fora, para, logo que passa uma brisa lobbyesca, se encolherem todos.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:44

Pág. 1/2



Creative Commons License


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Outubro 2005

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031