Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Segunda-feira, 31.07.06

Jeremy

at home
drawing pictures

of mountain tops

with him on top

lemon yellow sun

arms raised in a V

dead lay in pools of maroon below


daddy didn't give attention

to the fact that mommy didn't care

king jeremy the wicked

ruled his world


Jeremy spoke in class today


clearly I remember

pickin' on the boy

seemed a harmless little fuck

but we unleashed a lion

gnashed his teeth

and bit the recessed lady's breast


how could I forget

he hit me with a surprise left

my jaw left hurtin

dropped wide open

just like the day

like the day I heard


daddy didn't give affection

and the boy was something that mommy wouldn't wear

king Jeremy the wicked

ruled his world


Jeremy spoke in class today


try to erase this (try to erase this)

from the blackboard.

Jeremy spoke in class today

Jeremy spoke in, spoke in

Jeremy spoke in class today

______________________________

Ten
Pearl Jam

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 03:41

Sábado, 29.07.06

Assim também eu...

Isto não é correcto. Apontar os aspectos positivos de um lado e confrontá-los com os aspectos negativos do outro é fazer o filme a preto-e-branco. Como disse ali em baixo, em relação a outro artigo, é maniqueísmo bushista.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:14

Sábado, 29.07.06

Gatices

Caro RAP, espero que estejas ciente da guerra que estás a comprar com todos os blogues satélites, quais equipas "B", que rodeiam o Abrupto e que pululam pela blogosfera (termo ridículo). Talvez vás receber mais umas quantas mensagens de ódio ou tentativas de moralização dessas traças que rodopiam o auto-proclamado farol do mundo digital. Mas tu não amoleças, sê o oceano que rói devagarinho as rochas por debaixo do farol, não o afundando, tarefa desnecessária e gigantesca, mas fazendo ver que continuas por aí...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:06

Sábado, 29.07.06

Se uns não prestam...

Outros há que nada valem:

«De facto, isto é uma injustiça! Uma injustiça que reclama a libertação de um soldado israelita comparado com a morte de centenas, milhares de feridos e mais de meio milhão de refugiados.» - Mohammad Taheri, Embaixador do Irão.

É culpado, como Israel, como o Hezbollah, como os EUA, como a Síria, da morte de inocentes. Tanto mais que nem desmente a acusação do Hezbollah ser o braço direito do Irão e de este lhes fornecer armamento.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 03:52

Sexta-feira, 28.07.06

Fala bem...

Mas adivinhem que paises vão fazer parte da força multinacional:

«Bush apelou para que seja destacada "rapidamente" uma força internacional no sul do Líbano, indicando que esta "ajudará a acelerar a distribuição de ajuda humanitária, facilitará o regresso das pessoas deslocadas e ajudará o Governo libanês a exercer a soberania plena no conjunto do seu território e a proteger as suas fronteiras".»

Muito me vou admirar se for um único soldado americano daqueles que Bush atolou no Iraque. E como a reputação dos EUA na zona é má demais para fazerem parte da força internacional, lá vai a Europa para o Líbano limpar os destroços que Israel deixar para trás.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:35

Sexta-feira, 28.07.06

Está consumado...

O sequestro do Estado e do Centro de Exposições do Centro Cultural de Belém pelo senhor Berardo:

«O Presidente da República, Cavaco Silva, promulgou o decreto-lei que cria a Fundação de Arte Moderna e Contemporânea - Colecção Berardo, mas admitiu ter dúvidas em relação ao diploma.»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:01

Sexta-feira, 28.07.06

No seu pior...

Este artigo é de um maniqueísmo bushista atroz. A direita canídea, pró-atlântica e anti-xiita (porque não? se a esquerda, para eles, é anti-semita por condenar os excessos de Israel?) esquece-se convenientemente de outras direitas com um passado xenófobo e racista.

Há coisas que Vasco Graça Moura faz com muito mérito,
outrasem que não vinha mal ao mundo se ele não as fizesse, como por exemplo escrever um artigo deste rasteiro gabarito.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 03:31

Quinta-feira, 27.07.06

Pois é...

Tem toda a razão meu caro André Azevedo Alves nestes seus posts (1) (2). Essa organização, a ONU, estava há muito tempo a fazer das suas e é claramente uma ajudante do Hamas. E aqueles quatro funcionários da dita organização, mortos no Líbano, decerto mereceram o ataque que Israel levou a cabo. Até tenho a certeza de que foi um ataque preventivo, não fossem eles lançar alguns dos rockets do Hezbollah.

Aqui estão argumentos para tentar demonizar a ONU e defender um acto indefensável de Israel.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:04

Quinta-feira, 27.07.06

Ora nem mais...

Sem a exigência de um cessar-fogo imediato esta é a leitura que Israel faz da conferência de Roma:

«A Conferência de Roma que ontem decorreu na capital italiana deu a Israel “uma autorização para continuar” os ataques ao Líbano, afirmou hoje o ministro israelita da Justiça, Haim Ramon.»

Podem fazer a leitura que quiserem, podem rir da Comunidade Internacional, não serão admoestados de maneira alguma. Para Israel houve um passeio a Roma, nada mais.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:16

Quarta-feira, 26.07.06

À atenção de Ahmadinejad

«Officials from 11 nations have agreed to open up a crucial Nazi-era archive that could throw new light on the Holocaust and other war crimes. The archive, housed in the German town of Bad Arolsen, contains some 50 million documents tracing the fate of more than 17 million victims of Nazism that will be made available to scholars for the first time.»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:01

Quarta-feira, 26.07.06

Só mais uma acha...

Aquando do atentado terrorista às instalações da ONU no Iraque que vitimou Sérgio Vieira de Melo, para além de um número imenso de funcionários da ONU, todo o Mundo teve a determinação necessária para condenar o ataque. A ver vamos como será a determinação agora que foi um Estado a atacar as instalações da organização de uma forma, como refere Kofi Annan, premeditada.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:49

Quarta-feira, 26.07.06

Who's the boss?

Como já aqui disse, não vale a pena apelar a um cessar-fogo. O conflito terminará quando Israel bem entender:

«"I assume it will continue for several more weeks, and in a number of weeks we will be able to [declare] a victory," Major General Udi Adam, the head of Israel's northern command, said at a news conference.»

Neste outro artigo pode ler-se:


«Israel voltou a rejeitar o apelo de cessar-fogo lançado pelo movimento xiita libanês Hezbollah, que também propôs a troca dos dois soldados israelitas que tem em seu poder por prisioneiros libaneses nas mãos dos israelitas.»

Se o conflito tivesse começado devido ao rapto dos dois militares, não devia, por isso, Israel considerar a hipótese de troca de prisioneiros? Ou os militares prisioneiros foram só a desculpa para iniciar a operação? Obviamente que foram, já que uma operação desta envergadura, com a logística que envolve, não pode ser delineada em tão poucos dias...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:41

Quarta-feira, 26.07.06

Cá está...

Demonstrado o respeito que Israel sempre teve pela ONU:

«Quatro observadores das Nações Unidas morreram hoje à noite no bombardeamento aéreo israelita do seu posto em khiam, no Sul do Líbano, revelaram os serviços de segurança libaneses e o embaixador norte-americano na ONU, John Bolton.»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:28

Quarta-feira, 26.07.06

Populista anti-americano

«“Why does President Bush send billions of dollars of weapons to Israel and hands the Lebanese a few boxes of food and blankets?”»

Ou é anti-americano primário ou incomoda-o, para dizer o mínimo, o facto dos EUA fornecerem ajuda humanitária ao seu país destruido por armas do Tio Sam.

(Quanto a mim: nada a dizer contra a ajuda, mas tudo contra a venda de armas)

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:18

Quarta-feira, 26.07.06

Iguais

De um lado:
«Ferocity of Hezbollah comes as a surprise»

Do outro:

«Hezbollah não esperava reacção tão forte de Israel»

Ambos atacam às escuras sem conhecer o adversário.
ASENSIO

</span>

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:01

Pág. 1/4



Creative Commons License


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Julho 2006

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031