Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Domingo, 09.12.07

Paralelos

Assim de uma forma superficial, sem me aprofundar muito em considerações sobre o "What's Left?", não tenho grandes dúvidas de que Nick Cohen leu e releu o romance de Philip Roth "The Plot Against America".

Se na realidade existem paralelos entre os regimes de Hitler e Saddam, a meu ver, em "O Que Resta da Esquerda?" Nick Cohen tenta encontrar semelhanças entre o proto-fascismo e isolacionismo de Charles Lindbergh, comprometido com Hitler, e a "esquerda" actual criticada por Cohen, comprometida com os actuais regimes islâmico-fascistas e outros regimes ditatoriais como o de Slobodan Milosevic.

Nick Cohen procura ainda uma outra analogia: as vítimas de Saddam Hussein, que anseiam outro regime, são os judeus americanos de Roth da WWII, que exigem a libertação e alguém que faça guerra àqueles que os exterminam.
ASENSIO
_______________________
Sinopses (Webboom.pt):

"Conspiração Contra a América", Philip Roth, Dom Quixote, 2005
Um presidente anti-semita na Casa Branca? Quando o famoso herói da aviação e isolacionista fanático Charles Lindbergh derrotou esmagadoramente Franklin Roosevelt nas eleições presidências de 1940, o medo invadiu todos os lares judaicos da América. Num discurso transmitido pela rádio à escala nacional, Lindbergh não só tinha acusado publicamente os judeus de empurrarem egoistamente a América para uma guerra sem sentido com a Alemanha nazi, mas também, ao tomar posse como trigésimo terceiro presidente dos Estados Unidos, negociara um pacto cordial com Adolf Hitler, cuja a conquista da Europa e cuja virulenta política anti- semita ele parecia aceitar sem dificuldade.

"O Que Resta da Esquerda", Nick Cohen, Aletheia, 2007
Do acutilante jornalista Nick Cohen uma poderosa e irreverente dissecação das agonias, idiotices e compromissos da corrente de pensamento da Esquerda liberal. Nick Cohen vem da Esquerda. Em criança via a mãe escrutinar as prateleiras do supermercado à procura de sumo de limão politicamente correcto. Quando, com 13 anos, descobriu que a sua querida e preferida professora de Inglês votava nos Conservadores quase caiu da cadeira: «Para se ser bom, tinha que se ser da Esquerda.» Hoje, no entanto, não está menos confuso. Quando olha ao redor, no pós-invasão do Iraque, Cohen não pode deixar de se questionar porque é que um militante islâmico que defende tudo o que é contrário à Esquerda liberal é desculpado e defendido por essa mesma Esquerda. Após as guerras dos americanos e britânicos na Bósnia e no Kosovo contra as limpezas étnicas de Slobodan Milosevic, porque é que homens e mulheres de Esquerda negam a existência de campos de concentração sérvios? Por que é que a Palestina é uma causa para a Esquerda, mas não o é por exemplo a China, o Sudão, o Zimbabué ou a Coreia do Norte? Por que é que aqueles que dizem apoiar a causa palestiniana não conseguem dizer que tipo de Palestina gostariam de ver nascer? Depois dos ataques do 11 de Setembro em Nova Iorque e Washington, porque passou a ser tão provável ler num jornal de Esquerda que uma sinistra conspiração de judeus controlava a política externa americana e britânica como num panfleto neo-nazi? É fácil saber contra o que luta a Esquerda – os males de Bush e das multinacionais – mas o quê e quem em concreto contesta afinal? À medida que enumera os absurdos da Esquerda, Nick Cohen pede-nos que reconsideremos o que significa ser de Esquerda nestes tempos turvos e confusos. Com a sátira irada de Jonathan Swift, ele reclama o regresso dos valores da democracia e da solidariedade que uniram um movimento que lutou contra o fascismo, e pergunta: o que resta afinal da Esquerda?

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:46


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Dezembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031