Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Quarta-feira, 03.11.04

What a strange World

Depois de, em Portugal, Jorge Sampaio ter dado continuidade ao Governo de direita, quando havia hipótese para mudar, nos EUA, os americanos preferiram manter George W. Bush e os Republicanos, no comando dos destinos do país!

Se por cá o Governo de Pedro Santana Lopes nos foi impingido, nos EUA, a recondução de tamanho PATETA para a Presidência do país, não se entende. Com quatro anos de experiência de como é ser liderado por um TONTO, desculpa lá Tio Sam, não se entende mesmo esta reeleição! O IMBECIL “só” vos conduziu à guerra, à mentira, à crise, ao desemprego, aos escândalos económicos, ao aumento dos preços dos medicamentos e do petróleo, à redução dos impostos aos mais ricos, à hostilização de três quartos do Mundo, ao afastamento do país dos seus Aliados de sempre. Não chegou? São precisos mais quatro anos? Daqui a três meses estarão arrependidos, mas já não há nada a fazer... É pena que a lição espanhola não tenha atravessado o Atlântico.

A cerimónia eleitoral americana é que continua na mesma. Uma campanha eleitoral duvidosa, um método estranho de eleições, problemas com boletins de voto desaparecidos nos Correios, contagens discutíveis, furos, cruzes ou voto electrónico questionáveis, etc.. De notar é que o voto electrónico já foi usado no Brasil (esse país de terceiro Mundo, pensarão os americanos) e não levantou problemas. Que estranho! Nos EUA, na auto-proclamada Maior Democracia do Mundo, até contar cruzes é difícil, quanto mais exigir que no voto electrónico seja entregue um comprovativo impresso!

Este Mundo anda tão esquisito que ainda vamos ter suportar a reeleição de Sílvio Berlusconi. Ou pior, a escolha de Paulo Portas para Primeiro-ministro de Portugal em 2006! Safa, deus nos livre, ainda não chegámos à Madeira!
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:08

Quarta-feira, 03.11.04

Tiradas de génio

“MTV is a strip bar with better music.” “Religion is a neurological dysfunction.”
Bill Maher no Larry King Live

“EAT ANOTHER PRETZEL, ASSHOLE”
Cartaz Anti-Bush

“A intensificação da produção no sentido de alimentar um população aumentada causa um aumento ainda maior na população.”
Humankind de Peter Farb

“God you’re an idiot! You take the nazi [Leni Riefenstahl] at 101 years old of old age and you also take Jonh Ritter, 44 years old with a heart disease that only you could know about!“
Lewis Black no Daily Show With Jon Stewart

“Não há quem castigue com nojo e raiva, a brutalidade, a selvajaria, a barbárie, a injustiça.”
Zenão em A Obra Ao Negro de Marguerite Yourcenar

“Fé é algo em que tu acreditas e que mais ninguém, no seu perfeito juízo, acreditaria.”
Archie Bunker em All in the Family

“ I don’t fear death, I just don’t want to be there when it happens.”
Woody Allen

"Definição de Entropia: Lixo Atrai mais lixo."
Apocalipse Nau de Rui Zink

"You can kill a man but you can't kill an idea."
Medgar Evers

"1ª Lei da Termodinâmica: Não há almoços grátis"
Zero de Charles Seife
ASENSIO


Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:47

Quarta-feira, 03.11.04

E-mail para o Sr. Dr. Jorge Sampaio, Presidente da República Portuguesa

Senhor Presidente:

Embora respeitando os poderes que são consagrados ao Presidente da República pela Constituição Portuguesa, acredito que um Governo só deve ser escolhido pela realização de eleições gerais. Por isso, sem a necessária consulta popular, não posso reconhecer legitimidade ao Governo actual. Quero votar e já o queria fazer há três meses atrás.

O argumento da necessidade de estabilidade que o Senhor Presidente usou para empossar o Dr. Pedro Santana Lopes não serviu, nem serve. Portugal apenas acusa estabilidade nos recuos. Estamos estavelmente a recuar económica e socialmente. E se no atraso económico o Governo pode, embora eu não atenda a esta desculpa, justificar-se com as conjunturas da crise internacional, o recuo social é inaceitável. O atraso social só vai aumentar com este Governo, como facilmente podemos constatar, por exemplo, pelo Orçamento de Estado para 2005. Se as despesas com a Defesa sobem exponencialmente é evidente que os projectos sociais ficam para segundo plano.

Outro caminho Portugal vai estavelmente percorrendo é o caminho para o “controlo” dos meios de Comunicação Social. Não quero no Futuro ter que substituir a palavra “controlo” por “censura”. Este é mais um caminho perigoso que o Governo resolveu tomar, que o Senhor Presidente bem conhece de outros tempos e que sei que não quer que voltem.

Tenho a certeza que esta não é a estabilidade que o Senhor Presidente pretendia. Por isto tudo lhe peço, deixe o Povo Português escolher. A dissolução (ainda) é uma opção.

Atenciosamente
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:12


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Novembro 2004

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930