Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Quinta-feira, 10.02.05

O lado errado de quase tudo

Durante o Carnaval, o Senhor Lopes disse que não iria misturar campanha com as celebrações festivas, mas mesmo assim, tivemos direito a visita guiada à piscina de S. Bento, com ajuda dos guias da família.

É discutível se o Primeiro-ministro demissionário deve, ou não, estar presente, em tempo de campanha, na chegada dos militares portugueses. Mas hoje, Santana esteve na recepção aos militares na condição de candidato... esperemos é que ele esteja na hora da partida.

«Santana saúda militares que ajudaram Portugal a estar "do lado certo da história"»

Santana esteve e está do lado errado da governação.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:51

Quinta-feira, 10.02.05

Cuidado, lobo

Anda agora o lobo vestido de ovelha, mais próprio por ser altura de eleições do que por ser Carnaval:

«[Paulo] Portas "moderado", Portas "tolerante", Portas "sereno", Portas que acabou de "adquirir sentido de Estado". Sabe mesmo quem é este homem? É Paulo Portas reformulado, através da nova estratégia de captação de votos à classe média e ao eleitorado central.»

Mas nós sabemos bem quem é Paulo Portas, é animal político, mas não é ovelha. Assim que passe a fome de voto logo ele próprio se desmascara. Cuidado ao dar-lhe a mão, não vão ficar sem o braço...
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:37

Quinta-feira, 10.02.05

Choradinho

Num jantar com personalidades da cultura, Santana assumiu a sua faceta de chorão:

«Assumo que dou importância ao sentimento»

Não é nada que já não soubéssemos, senhor Lopes. Parece-me é que Santana devia ir a um jantar da APAV. Claro que aqui temos que assumir que Santana foi inteligente. Num jantar com pessoas da cultura, muitas das quais actores, Santana representou, de novo, o papel da vítima.

Mas a sua representação parece não ter convencido todos os convidados. Parece que Simone de Oliveira preferiu ir embora. Terá sido da comida?

«Quando me convidaram, disseram que era um jantar para falar da cultura. Mas nunca me disseram que era um jantar de campanha. Se eu soubesse isso, é claro que não ia. Toda a gente sabe que eu voto no PS, até faço parte da comissão de honra»

Não foi do repasto, foi mais uma argolada de Santana Lopes. Mais um truque baixo que ainda lhe vai custar caro.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:35


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Fevereiro 2005

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728