Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Terça-feira, 22.03.05

As entrevistas de José Mourinho

Mais parecem consultas com um psiquiatra. Fala-se mais na personalidade da figura do que no seu trabalho, no seu clube ou jogadores. Safa!
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:55

Terça-feira, 22.03.05

É daquelas coisas que se percebem logo à primeira:

«Os polícias com piores notas são colocados na Amadora»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:01

Terça-feira, 22.03.05

Investimentos

Vamos a ver se os projectos beneficiarão mesmo a população ou se é só para lucro dos privados. Para estruturas sem uso para proveito único das empresas que as construíram já basta. E nem é preciso dar exemplos, todos nos lembramos de vários...

« O primeiro-ministro, José Sócrates, anunciou um Programa de Acção que engloba, nos quatro anos de legislatura, 20 mil milhões de euros de investimento[...]».

« Sócrates deixou claro que a "origem principal" dos 20 mil milhões de euros "terá de ser, e só pode ser, o investimento privado".»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:55

Terça-feira, 22.03.05

E é isto e pouco mais

Se não há nomes conhecidos, é porque não se pode ter confiança nas pessoas, se houver nomes conhecidos, é porque é a tralha guterrista.

Se o programa do governo for diferente do programa eleitoral, é porque já andam a fugir das promessas, se for igual é porque é plágio.

Se não dizem se sobem impostos, é porque querem fugir às responsabilidades, se dizem que os impostos aumentam, é porque, coitadinho, o povo é que paga e eles estão muito preocupados.

A política é assim. Um descontente desconforto desacordo permanente.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:35

Terça-feira, 22.03.05

Coisas simples

«[...] Marques Guedes acabou por ler passagens do prefácio a um livro de Novembro de 2002 em que o agora ministro[Freitas do Amaral] diz que vários membros da Administração Bush, incluindo o próprio Presidente norte-americano, "acreditam sinceramente que a missão histórica do seu país, no século XXI, é controlar e dominar o mundo, espalhando e impondo por toda a parte o ‘american way of life’. O mesmo pensava e tentou Hitler, embora por razões racistas, com a sua ‘Deutschland uber alles’".»

Não sei o porquê de tanto zaragata por se chamar nomes aos bois. Temos aliados de longa data além Atlântico, é verdade, mas se esses aliados tomarem o caminho de políticas erradas não temos o dever de as denunciar e afastarmo-nos delas? Se, de hoje para amanhã, um político tomar o poder, seja de que forma for, num país nosso aliado e retomar políticas como as de uma ditadura que condenamos, temos de o defender mesmo não concordando com essas políticas? Vamos lá a ser sérios!, se Bush tem tido ideias perigosas e que desaprovamos só temos mesmo que as denunciar, mesmo sendo os EUA um dos nossos maiores aliados. O lambe-botismo não é política!

Mas os seguidistas que não se preocupem que a viragem de Freitas já aí está:

«O ministro dos Negócios Estrangeiros, Diogo Freitas do Amaral, saudou ontem o que considera ser a "reaproximação" dos EUA à Europa,»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:19


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Março 2005

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031