Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Domingo, 23.07.06

Retrato do Herói

Herói é quem num muro branco inscreve
O fogo da palavra que o liberta:

Sangue do homem novo que diz povo

e morre devagar de morte certa.


Homem é quem anónimo por leve

lhe ser o nome próprio traz aberta

a alma à fome fechado o corpo ao breve

instante em que a denuncia fica alerta.


Herói é quem morrendo perfilado

Não é santo nem mártir nem soldado

Mas apenas por último indefeso.


Homem é quem tombando apavorado

dá o sangue ao futuro e fica ileso

pois lutando apagado morre aceso.

________________________________

José Carlos Ary dos Santos
Obra Poética

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:47


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Julho 2006

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031