Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Quinta-feira, 03.08.06

Sucesso

O único(?) sucesso por parte de Israel em 22 dias de conflito:

«A cada rocket do Hezbollah que atinge Israel, a cada civil libanês que morre vítima do conflito, aumenta a popularidade de Hassan Nasralah, líder da milícia xiita.»

Porque, perante a inoperancia das forças armadas libanesas, a população do país entende que quem os tem defendido, dos ataques isrealitas, é o Hezbollah. Para os civis libaneses a protecção é feita pelo grupo terrorista. Isto é o que Israel consegue com estas ofensivas.


O alegado, pelos isrealitas, enfraquecimento do Hezbollah, aparentemente é nulo. Se bem que Sayyed Hassan, ao oferecer uma trégua a Israel, exigindo em troca "apenas" o fim dos ataques isrealitas possa levar a entender que as capacidades do seu grupo estão reduzidas, e fazer duvidar que seja capaz de atacar zonas mais ao sul de Israel:


«"(If) at any time you decide to stop your campaigns on our cities, suburbs, civilians and infrastructure, we won't strike with rockets any settlement or Israeli city ...," Sayyed Hassan Nasrallah said in a taped televised message.

[Curioso é "
on our cities, suburbs, civilians and infrastructure". Que eu saiba as cidades, os subúrbios, civis e infraestruturas são do Líbano, e não exclusivas do grupo xiita.]

Sayyed Hassan não é a pessoa ideal para apontar saídas para o conflito. Aliás este acordo nem vai ser considerado pelos isrealistas que recusam qualquer diplomacia com o Hezbollah, o que até é curioso, uma vez que, para parar o conflito de forma mais sustentável, vai ser necessário por na mesa das negociações a milícia Xiita (fez-me lembrar as afirmações que há uns meses Mário Soares proferiu e que sugeriam uma tentativa de negociação com a Al-Qaeda).
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:29


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Agosto 2006

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031