Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Sexta-feira, 30.05.08

Justiças

«A decisão de um tribunal francês de anular um casamento, entre muçulmanos, porque a noiva tinha mentido sobre a sua virgindade, suscitou já uma avalanche de protestos por todo o país.»

Uma vez mais, todos juntos: a justiça terrena não se pode confundir, misturar, diluir com a justiça divina. A primeira diz respeito a um conjunto de leis que nos regem enquanto sociedade. A segunda às crenças sagradas de cada um.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:40

Sexta-feira, 30.05.08

Tremer como varas verdes...

«Pensa como Durão Barroso que se a Irlanda rejeitar o Tratado de Lisboa [no referendo de 12 de Junho], a Europa inteira pagará um preço elevado?
Espero que a Irlanda vote sim, e penso que devemos concentrar todos os nossos esforços para conseguir esse resultado. Peço a todas as pessoas responsáveis na Irlanda para votar sim, porque senão, como disse o presidente Barroso, será muito mau para a UE.
- Entrevista a Hans-Gert Poeterring, presidente do Parlamento Europeu.»

A fase ameaçadora com o caos, o inferno de Dante, o
Big Crunch europeu começou há já algum tempo com o burlesco Barroso e obviamente Poeterring não pode destoar do discurso apocalíptico. Mas se a personagem fosse realmente responsável esperaria apenas que a Irlanda votasse em consciência, uma vez que a soberania nacional dos Estados ainda está em vigor.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:18

Sexta-feira, 30.05.08

O sabor irresistível da Saúde

«"Se os grandes grupos económicos estão a investir na saúde é porque sabem que dentro de pouco tempo está tudo desmantelado, e o Serviço Nacional de Saúde ficará para os coitadinhos. Estou muito preocupado com o avanço do neoliberalismo e com a capacidade de intervenção das grandes companhias majestáticas, como nunca antes", observou [o antigo ministro socialista e «pai» do Serviço Nacional de Saúde, António Arnaut].»

Sem dúvida muitos aguardam sofregamente que o SNS continue no caminho do desmantelamento. Grande parte da ineficiência do Serviço, justificação para que se mantenha este caminho, é da responsabilidade única das políticas neoliberais seguidas até aqui, que têm em vista a oferta, em bandeja de prata, aos privados de mais este direito de Abril.


Eu, como António Arnaut, espero que este desmantelamento faseado termine e que o SNS se fortaleça, se torne eficiente e cubra protectoramente a maior parte da população.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:02


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Maio 2008

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031