Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Terça-feira, 26.08.08

O último que desligue a luz

«O primeiro-ministro do Iraque anunciou que foi alcançado acordo com os Estados Unidos, no sentido de que 2011 seja apontado como o ano em que o último soldado americano abandonará o país.
Washington já negou a existência de um tal compromisso, que, face ao processo eleitoral em curso, não faz grande sentido, uma vez que Barack Obama e John McCain têm visões diametralmente opostas do problema.»


Todos sabemos que a situação no Iraque será um campo minado para qualquer um dos candidatos à presidência americana. O actual presidente bem pode assinar acordos de retirada. o facto é que, mesmo tendo visões diametralmente opostas, a retirada ou permanência constituirá um problema tanto para Obama como para McCain.

A permanência das tropas, defendida por McCain, poderá fazer recrudescer a guerra de guerrilha pelo aumento do sentimento de invasão e ocupação que atinge os iraquianos. De qualquer forma, tal posição terá impacto tanto no terreno como na opinião pública americana. A retirada também será sentida no terreno e auto-culpabilização dos americanos, caso essa retirada resulte num caos, será da responsabilidade de Obama.

Posto isto, Bush, em fim de mandato, pode tentar mostrar-se racional e razoável, mas nem a sua reputação conseguirá limpar. O próximo que se aguente com as opções oportunistas e interesseiras deste imbecil.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:49


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Agosto 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31