Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Domingo, 05.10.08

Centro-keynesianismo

«O secretário-geral do PS afirmou ontem que é nos momentos de crise internacional, como os que estamos a viver, que se exige ao Estado visão estratégica e acção, criticando os políticos que convidam o país à "desistência" e que defendem um Estado mínimo.»

Estas afirmações ajudam a entender que José Sócrates defende um Estado interveniente apenas em situações de crise, em climas recessivos. É a visão keynesiana da economia e centrista da política. E
mbora seja isso que Sócrates pretende fazer, a crítica àqueles que "defendem o Estado Mínimo" não é suficiente para que se possa definir como Esquerda, longe disso.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:07


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Outubro 2008

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031