Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Sábado, 26.12.09

Umbiguismo

«Bispo do Porto: Relação da Igreja com o Estado deve ser de complementaridade»

Visão errada quanto a mim. Primeiro, o Estado são também os não católicos, como ateus, muçulmanos, judeus, etc. E obviamente que D. Clemente apenas de se refere à ICAR quando fala em complementaridade, mas há muitas mais igrejas, religiões e crenças.

Segundo, o Estado tem que ser alheio à igreja, seja ela qual for. Aliás, apesar de na realidade a igreja responder por vezes mais rapidamente em algumas questões sociais, o Estado, regido por um Governo, não pode, não deve, atrasar-se ou incumbir a igreja de tarefas que são da sua responsabilidade. Mais, em várias questões o Estado tem mesmo que se sobrepor às crenças individuais, como em questões de Justiça, Saúde e mesmo comportamentos, sob pena de algumas dessas crenças individuais se tornarem nocivas à sociedade.

Certo, o Estado não é santo nem perfeito -santidade e perfeição são do domínio religioso- mas, como representa todos os cidadão e as suas instituições, é nele que devemos confiar.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:58


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Dezembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031