Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Domingo, 19.06.05

Alguém me explica

O que é “ter orgulho em ser branco”? Que se tenha orgulho nas suas raízes, cultura etc. eu percebo, agora orgulho numa cor, não estou a ver... Que se tenha orgulho em ser português, tudo bem, é-se patriota, mas temos que aceitar todos os aspectos da cultura portuguesa, entre os quais o facto de Portugal ser raiz e cultura de pessoas de outra cor.

O orgulho em ser branco, ou negro, ou vermelho, ou azul, é em si próprio uma afirmação de racismo. O “senhor” da Frente Nacional sabe disso perfeitamente (saberá?). Além disso, todos ouvimos esse “senhor” a associar a criminalidade a duas etnias, negros e ciganos, e isso não é racismo, xenofobia? Não senhor, é amor e tolerância (branco mais bronco não há)...

A verdade é que, com o exemplo do arrastão na praia de Carcavelos, ou os assaltos na linha de Sintra, “paga o justo pelo pecador”. Os negros que trabalham, são honestos, que gostam de Portugal, se conseguiram integrar ou já nasceram cá e têm feito muito bem pelo país, e que são a maioria, ouvem agora chamar-lhes criminosos porque outros, com a mesma cor de pele, esses sim, realmente criminosos e com contas a prestar à justiça, se lembraram de dar um triste espectáculo.

A criminalidade não está associada à melanina que se tem no corpo, mas sim a causas bem definidas, que todos sabemos quais são mas que ninguém pareceu muito incomodado para as tentar resolver. Antes pelo contrário, continuam a guetização, a exclusão, o desemprego, o abandono escolar, a toxicodependência etc.. Mas de todos estes factores nenhum, mas nenhum, está associado, ou é exclusivo a uma cor de pele...

Podia ainda dizer muito mais mas fico-me por aqui. Façam todos os dias manifestações contra a criminalidade... contra etnias não contem comigo.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:07



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Junho 2005

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930