Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Domingo, 20.12.09

Guerra aberta do lado socialista

«[...] "[o PR] já não terá o direito de se intrometer na agenda dos partidos como, no caso vertente [o casamento gay], na agenda do partido que apoia o Governo". E, ainda por cima, "em coro com a oposição de direita".»

Estas declarações teriam uma gravidade limitada se fossem feitas por Sérgio Sousa Pinto em nome individual. Porque, sejamos realistas, que importância vincada tem S. S. Pinto dentro do partido?

Mas segundo consta, são feitas "oficialmente em nome do PS". Grave. Desconheço que dividendos esperam retirar os socialistas ao responderem, em tom de guerra aberta, a Cavaco nesta altura. As legislativas já passaram, e agora estas tentativas de colar o PR à oposição apenas conseguem reforçar a posição de Cavaco Silva e fazer esquecer todas as suas tropelias anteriores. Enquanto o confronto institucional foi patrocinado pela Presidência (e só aqui há muito por onde escolher) os socialistas tinham algo a ganhar, mas agora parecem esquecer que as presidenciais estão à porta. A menos que a intenção seja apoiar Cavaco Silva, estas declarações parecem contraproducentes.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:09



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Dezembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031