Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Sábado, 02.10.04

PP- Partido Parasita ou Vírus?

O PP é um partido pequeno, tem relativamente poucos afiliados e obteve cerca de 8% de votos nas últimas eleições legislativas. Apesar de tudo chegou ao governo, devido às necessidades de um PSD fraquinho, que nunca governaria com estabilidade sem apoio de um outro partido.

O governo de Durão Barroso suportou durante cerca de dois anos os afiliados deste partido que participaram no governo, por exemplo o Dr. Paulo Portas, a Dra. Celeste Cardona, e o Dr. Bagão Félix, que apesar de independente partilha das ideias e modus operandi do PP. As lei de programação militar, o novo código do trabalho e a inércia do Ministério da Justiça são o que melhor define a actuação do PP no governo de Durão Barroso.

Durante estes anos o Primeiro-Ministro era sem dúvida a pessoa que liderava o governo não obstante o desejo de protagonismo do líder do PP. Este desejo, e a necessidade da coligação, acaba por obrigar o Dr. Durão Barroso (actual José Manuel Barroso) a aceitar certas situações que nunca pensou e que, de outro modo, nunca aceitaria.

No novo governo, Santana Lopes, como Primeiro-Ministro tem aparecido muito na televisão, mas não é ele quem domina o governo. Quem o faz é o Dr. Paulo Portas, na sombra, e todos podemos reparar nisso facilmente. Um dos ministros mais vistos é Bagão Félix, ao qual foi dado uma importância desmedida com a sua nomeação para Ministro das finanças. É ele quem define as politicas e orientações de todo o governo através do orçamento de estado. Um partido com 8% das votações e tem um Ministro das finanças? E o que dizer de Nobre Guedes, Ministro do Ambiente que anteriormente tinha defendido, precisamente, o desaparecimento deste Ministério? Agora a importância de Nobre Guedes é tal que já passa raspanetes ao Ministro (do PSD) António Mexia (ex-administrador da Galp) devido ao acidente de Leixões. O Dr. Paulo Portas sabe bem o que quer e para onde vai quando molda o orçamento de estado para permitir a Portugal adquirir novos equipamentos, segundo ele necessários, para as forças armadas...

O presidente Jorge Sampaio enganou-se. Ao dar outra oportunidade ao PSD para governar, acabou por dar de mão beijada o governo ao PP.
Se na primeira legislatura o PP funcionou como parasita (que come ou vive, neste caso governa, à custa de outros) nestes últimos meses o PP “evoluiu” para vírus. Um vírus define-se por ser um microorganismo que se aproveita de um hospedeiro mas no final acaba por destrui-lo, com a destruição do hospedeiro são espalhados novos vírus pelos organismos circundantes. O PP vai destruindo o governo PSD cuja morte está para breve (no máximo 2006) mas já está a espalhar novos vírus por outras instituições, a Caixa Geral de Depósitos que o diga, já lá tem a Dra. Celeste Cardona...o que se segue?
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:52


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Outubro 2004

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31