Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Segunda-feira, 01.01.07

A Marioneta Irada

As tuas reacções físicas, emocionais, são controladas por um mestre, que não é mais nem menos do que aquele que tu mais odeias. Sim, esse mesmo.

Se, numa encenação por ele preparada, elimina um dos teus adversários, regozijas, absorto em êxtase, inconsciente de que quem solucionou o problema, nesse teu teatro, foi ele, aquele a quem tu mais tens rancor e nunca poupaste à visão da tua face irada. E se festejas é porque ele te autoriza, foi ele que conseguiu o que te permite festejar. Mas, não te enganes, não o conseguiu para teu proveito.


É ele também que te atira contra outros personagens, outras marionetas, porque depois os usa, na volta, contra ti só para conseguir uma reacção, no palco desse teu mundo, que lhe dê aplausos, só para ele.


É certo que por vezes as tuas cordas se emaranham e os suportes de madeira deixam-lhe lascas nas mãos, mas os fios desatam-se, as farpas retiram-se e saram. Ele depressa recomeça a usar-te. É apenas isso que consegues de talento próprio.


E que tipo de ira pode ser essa que só aparece como reacção? É raiva falsa, é aversão controlada, porque é ele que te faz odiá-lo. Estás seguro, amarrado a ele, pelo ódio que lhe tens.


Não? Então humaniza-te e prova que estou errado.

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 03:10


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Janeiro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031