Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Sábado, 16.04.05

Europa: o Elogio do «Não»

Excelente texto de José Manuel Barata-Feyo, na Grande Reportagem.

«[...]Dizer “sim” à Europa tinha-se tornado uma resposta automática às decisões dos políticos. Agora é a vez dos povos reflectirem de decidirem. E quem não está a reflectir sãos os adeptos da Constituição, acham eles. Muito bem à Europa, mas vamos lá ver que Europa e por que caminhos a querem meter – “desviar”, reforçam.[...]
Mas... E o mas resume-se a duas questões fulcrais. A primeira remete para o passado e a segunda, crucial, prende-se com o futuro - com o tal caminho que, suspeitam, querem fazer caminhar à Europa. A primeira questão é quase epidérmica. A União, para o efeito identificada com Bruxelas, não pode continuar a chatear os europeus. Basta de directivas comunitárias que se intrometem na nossa vida quotidiana, como se fôssemos crianças que precisam de um tutor. Qual a legitimidade dos trinta mil eurocratas para decretar com que leite fazemos o queijo, que algumas gorduras vegetais são “chocolate” ou, cúmulo do ridículo, proibir as tábuas e as colheres de pau nas cozinhas, porque devem ser de plástico, “como é a cabeça deles”?
“Trop, c’est trop!”. Pelo andar da carruagem, “vão c...-nos uma directiva para a casa de banho e outra para as posições «comunitariamente correctas» na cama”... Bruxelas faria melhor se voltasse a sua força contra a invasão crescentes dos produtos transgénicos dos Estados Unidos e os do trabalho forçado na China[...]»

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:53


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Creative Commons License


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Abril 2005

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930