Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Quarta-feira, 03.02.10

Os filhos dos nossos filhos

«Proibir o uso do véu, chador e burqa é uma ideia peregrina. Infelizmente, há quem pense que o Governo de Paris age de acordo com o dever de um Estado laico. A proposta de proibição não passa de um ataque à liberdade individual intolerável. Uma sociedade que admite a maior pluralidade na moda, nos trajos, não pode proibir aqueles que são apenas sinais de diferença. À França pedia-se mais coragem contra o terrorismo e mais tolerância com os que apenas têm usos diferentes.» - Editorial do Expresso, de 30 de Janeiro de 2010.

O uso do véu, chador ou burqa não se enquadra nas simples definições de moda. Estão mais ao abrigo da liberdade religiosa e requerem um estudo mais aprofundado. O uso da burqa poderá ser considerado um sinal de submissão inadmissível para as mulheres, como muito bem refere Manuel António Pina, pelo que pode ser caso para uma intervenção de um Estado laico. O equilíbrio entre liberdade religiosa e limitação da humilhação será difícil, mas terá que existir.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:24


2 faíscas

De João Ribeiro a 05.02.2010 às 07:05

Aqui, na terrinha, é inconstitucional.
Qual de nós, com pais católicos não se sente tentado a comer uma boa cocha de qualquer animal, naquela 6ª antes da Páscoa?
Mas eu não como. Nem sequer fumo, em qualquer dia de qualquer semana à frente deles.
Chama-se respeito. Não submissão.

De C3H8 a 05.02.2010 às 12:39

Não podes comparar essas "proibições" católicas com o uso da burqa.

São tradições religiosas muito diferentes. A burqa é um símbolo da superioridade masculina sobre as mulheres, não é inócuo e transmite um sinal a toda a sociedade quando usada em público.

As tradições que referiste são privadas, por escolha do próprio. Não resultam em qualquer atentado à igualdade, explícita constitucionalmente.

Um abraço
ASENSIO

Comentar post



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Fevereiro 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28