Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Segunda-feira, 31.01.05

Não é anti-americanismo

Mas espero não ouvir George W. Bush congratular-se pelo trabalho que a sua administração fez pela afluência às urnas no Iraque. Se houve os valores de afluência que houve, cerca de 60% de participação, o que é uma vitória, isso não se deveu a W., nem à sua administração, mas à enorme coragem dos iraquianos em ir votar. E foi mesmo necessária muita coragem, porque apesar de ter o país ocupado por forças estrangeiras e terroristas, aqueles nunca conseguiram garantir a segurança dos populares, que pretenderam votar, contra as ameaças destes.

Este é mais um exemplo que os países mais pobres nos dão. Em 1999 tivemos uma lição vinda de Timor-Leste, em que a afluência às urnas foi na ordem dos 90%. Este ano, e em vésperas de eleições em Portugal, tivemos outra lição, agora dos iraquianos.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:33



Creative Commons License


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Janeiro 2005

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031