Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Segunda-feira, 31.01.05

Não é anti-americanismo

Mas espero não ouvir George W. Bush congratular-se pelo trabalho que a sua administração fez pela afluência às urnas no Iraque. Se houve os valores de afluência que houve, cerca de 60% de participação, o que é uma vitória, isso não se deveu a W., nem à sua administração, mas à enorme coragem dos iraquianos em ir votar. E foi mesmo necessária muita coragem, porque apesar de ter o país ocupado por forças estrangeiras e terroristas, aqueles nunca conseguiram garantir a segurança dos populares, que pretenderam votar, contra as ameaças destes.

Este é mais um exemplo que os países mais pobres nos dão. Em 1999 tivemos uma lição vinda de Timor-Leste, em que a afluência às urnas foi na ordem dos 90%. Este ano, e em vésperas de eleições em Portugal, tivemos outra lição, agora dos iraquianos.
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:33


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Creative Commons License


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Janeiro 2005

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031