Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Segunda-feira, 19.02.07

A Cena do Ódio

E inda eu hoje vivo no século XX
a ver desfilar burgueses

trezentas e sessenta e cinco vezes ao ano,

e a saber que um dia

são vinte e quatro horas de chatice

e cada hora sessenta minutos de tédio

e cada minuto sessenta segundos de spleen!

Ora bolas para os sábios e pensadores!

Ora bolas para todas as épocas e todas as idades!

Bolas pròs homens de todos os tempos,

e prà intrujice da Civilização e da Cultura!

Eu invejo-te a ti, ó coisa que não tens olhos de ver!

Eu queria como tu sentir a beleza de um almoço pontual

e a f'licidade de um jantar cedinho

co'as bestas da família.

Eu queria gostar das revistas e das coisas que não prestam

porque são muitas mais que as boas

e enche-se o tempo mais!

Eu queria, como tu, sentir o bem-estar

que te dá a bestialidade!

Eu queria, como tu, viver enganado da vida e da mulher,

e sem o prazer de seres inteligente pessoalmente!

Eu queria, como tu, não saber que os outros não valem nada

p'ra os poder admirar como tu!

Eu queria que a vida fosse tão divinal

como tu a supões, como tu a vives!

Eu invejo-te, ó pedaço de cortiça

a boiar à tona d'água, à mercê dos ventos,

sem nunca saber que fundo que é o Mar!

____________________________

A Cena do Ódio
[excerto]
José Almada Negreiros

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:20



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Fevereiro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728