Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Segunda-feira, 19.02.07

A Cena do Ódio

E inda eu hoje vivo no século XX
a ver desfilar burgueses

trezentas e sessenta e cinco vezes ao ano,

e a saber que um dia

são vinte e quatro horas de chatice

e cada hora sessenta minutos de tédio

e cada minuto sessenta segundos de spleen!

Ora bolas para os sábios e pensadores!

Ora bolas para todas as épocas e todas as idades!

Bolas pròs homens de todos os tempos,

e prà intrujice da Civilização e da Cultura!

Eu invejo-te a ti, ó coisa que não tens olhos de ver!

Eu queria como tu sentir a beleza de um almoço pontual

e a f'licidade de um jantar cedinho

co'as bestas da família.

Eu queria gostar das revistas e das coisas que não prestam

porque são muitas mais que as boas

e enche-se o tempo mais!

Eu queria, como tu, sentir o bem-estar

que te dá a bestialidade!

Eu queria, como tu, viver enganado da vida e da mulher,

e sem o prazer de seres inteligente pessoalmente!

Eu queria, como tu, não saber que os outros não valem nada

p'ra os poder admirar como tu!

Eu queria que a vida fosse tão divinal

como tu a supões, como tu a vives!

Eu invejo-te, ó pedaço de cortiça

a boiar à tona d'água, à mercê dos ventos,

sem nunca saber que fundo que é o Mar!

____________________________

A Cena do Ódio
[excerto]
José Almada Negreiros

ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:20


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Fevereiro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728