Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bico de Gás



Quarta-feira, 13.04.05

Lá vem o tema de novo

aqui tratei este assunto:

«Um não à Constituição, como parece querer, segundo sondagens recentes, a maioria dos franceses, faria correr à União um tremendo risco de desintegração. Não seria apenas uma paragem. Seria um imenso recuo, que só podem desejar aqueles que sempre sonharam com uma Europa que fosse um mero espaço de livre câmbio, um mercado único alargado e competitivo, mas nada mais do que isso. Seria o fim da Europa política, social e com uma entranhada cultura ecológica. Pior do que isso: seria o fim da União como «potência mundial» capaz de equilibrar as relações euro-americanas e de resistir às pretensões do hegemonismo imperial, que vê a ONU como um empecilho. Os "falcões" que aconselham Bush, seguramente, agradeciam!»

Ora cá está de novo a catástrofe. Um imenso piscar de olho aos opositores europeus de Bush é dizer que o “não” à Constituição serve os interesses da América.

Percebo a necessidade da União Europeia, e dos seus mais indefectíveis adeptos, dar mais um passo, para não estagnar. Não entendo é a necessidade de ratificar um documento à pressa, sem sequer se fazer a discussão da sua aplicação e consequências.

E deixo aqui esta pergunta: Quem for a favor de uma Constituição Europeia, mas não desta Constituição, vota como?
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:54



Creative Commons License


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Abril 2005

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930