Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Bico de Gás



Segunda-feira, 04.12.06

Partir para ficar


Mãe, eu quero ficar sozinho

mãe, não quero pensar mais.
Mãe, eu quero morrer mãe.
Eu quero desnascer,
ir-me embora, sem ter que me ir embora.
Mãe, por favor, tudo menos a casa em vez de mim.
Outro maldito que não sou senão este tempo que decorre entre fugir de me encontrar e de me encontrar fugindo, de quê mãe?
Diz, são coisas que se me perguntem?
Não pode haver razão para tanto sofrimento.
E se inventássemos o mar de volta, e se inventássemos partir, para regressar?
Partir e aí nessa viagem ressuscitar da morte às arrecuas que me deste.
Partida para ganhar, partida de acordar, abrir os olhos, numa ânsia colectiva de tudo fecundar, terra, mar, mãe...
Lembrar como o mar nos ensinava a sonhar alto,
lembrar, nota a nota, o canto das sereias...
Lembrar cada lágrima, cada abraço, cada morte, cada traição,
partir aqui com a ciência toda do passado,
partir, aqui, para ficar...
__________________________
Linda Martini
Olhos de Mongol
ASENSIO

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 06:34


2 faíscas

De rita a 16.03.2009 às 16:02

olá!

essa musica tem a participação especial do Adolfo luxuria canibal ou de alguém assim do genero?

cheers!

De C3H8 a 16.03.2009 às 16:37

Não é o Afolfo Luxúria.. Os Linda Martini construíram esta música a partir de um texto/música do José Mário Branco chamada FMI. Pode ser lida e ouvida aqui: http://fmi.com.sapo.pt/
Vale a pena.
ASENSIO

Comentar post



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Dezembro 2006

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31